Feliz 2021

A vida inteira fui manipulado, aproveitado, e quando me defendia, quando insistia em dar as minhas respostas da minha maneira usando a minha própria voz, anulado. Virou tão rotina que me acostumei, comecei eu mesmo a me anular.

Em 2015, alguém me falou que a minha própria “voz”, quer dizer a minha própria expressão, é bela e qualquer tentativa da minha parte de modificar, abafar a minha voz para acomodar os outros é anulação de mim mesmo.

Nunca isso me foi tão claro como em 2020, ano que anulou as vozes de milhares.

O outro dia, alguém comentou que brigo com todo mundo. Bem longe de ser a verdade, brigo somente com aqueles que procuram se impor, aproveitar de mim, me manipular, me anular. Eu não posso corrigir a narrativa deles quando depois, dizem que sou um doido, ou um louco, briguento, falso. Se não aceitar manipulação, se não aceitar uma tentativa de me controlar, de me anular, é ser briguento e falso, tudo bem. Eu não posso controlar a narrativa deles.

Nem quero gastar energia nisso. Quero sentir alívio depois de um ano terrível de anulação. A mentira fica na boca deles, rói o coração deles. Eles que continuam vivendo a anulação até deles mesmos, pois falar a verdade, que aproveitavam e manipulavam, fere a narrativa deles, fere a maneira que têm usado para conseguir seus objetivos e seu prazeres.

Costumamos fazer promessas para o ano novo. A minha promessa é de não mais me anular. É de acreditar que a minha própria voz e a minha própria visão são belas. Não preciso me modificar, me anular, para acomodar a sua visão de mim. Eu já sou belo!

Então para 2021, façam as suas promessas de emagrecer, de comer melhor, de ir mais na academia, mas não esqueçam de prometer de rejeitar a auto-anulação! Deem asas às suas vozes. Sem serem egoístas, acreditem em seu direito de ser quem você é, sem se modificar para acomodar a narrativa de outros!Amem quem quiserem! Dancem como quiserem! Falem a sua própria narrativa dessa única vida que têm!

A vida nos leva para a morte. A anulação também. 2020 foi um ano de mortes. Vamos deixar a anulação, seja de si mesmo ou da parte de outros, aqui. Vamos entrar em 2021 prontos para viver quem verdadeiramente somos, sem apologias, sem egoísmo, sem anulação. Dizem que a vida é curta. Talvez. Mas o grande problema é que esperamos tanto para começar a viver. Vamos viver em 2021!

Feliz Ano Novo!

Salve Tapuio!

Leave a Reply