A Chuva, A Ética, A Vida

Estrada-de-chaoEste lugar onde moro foi feito de chuva. De vez em quando, saio para andar na chuva. A estrada se transforma em rio de água vermelha carregando pedras e formigas e folhas. Sapos se juntam no meio da estrada e cantam da alegria de ver o mundo virar água. Rios brotam e caem das pedras. O mundo é água, o som é água, o ar é água, e meu próprio corpo, molhado, começa a dissolver até eu ficar sem barreiras, sem limites, sem pele: eu feito de água.

 

Leave a Reply